Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Yes We Can(ada)

Yes We Can(ada)

Primeiro concerto em solo americano - Green Day

Ao fim de 9 meses no Canadá, lá chegou finalmente o dia de assistirmos ao primeiro concerto na North America!

Assumidamente viciados em concertos, tardou, mas finalmente chegou o primeiro, e ainda por cima de uma banda que já aguardávamos há muito tempo.

received_1252859398101376.jpeg

 

O concerto foi MUITO bom. É sempre bom ouvir que o Trump  é um Orange SOB e ver uma banda a tocar deitada no chão, como se nada fosse. A energia  é muito boa, o Billie Joe canta muito bem e entrega-se completamente ao público! Foi bonito!

A experiência em si foi um pouco diferente do que estamos habituados.

Ao entrar na sala havia avisos de que não se podia fazer moxie ou crowd surfing. Como assim??? Seria um concerto de Michael Bublé e estávamos enganados?

Entretanto tudo fez sentido, nunca na vida imaginamos que um concerto de Green Day iria ter cadeiras na parte da plateia em pé. Apenas as primeiras filas (cerca de 5) é que eram lugares em pé, tudo o resto era sentado.

E se é lugar sentado, é para estar sentado (assim pensam os nossos conterrâneos). Felizmente o Billie Joe não foi em modas e mandou tudo pôr-se de pé que aquilo não era nenhum teatro... estavam criadas as condições!

received_1252861228101193.jpeg

Ficamos também com a ideia de que há muitas pessoas que vão aos concertos porque ah e tal não tinha nada mais interessante para fazer, uma vez que estavam constantemente a entrar e sair da sala, como se de um jogo de hockey se tratasse.

Por fim, o encore. Todos o conhecemos, uns gostam, outros nem por isso, mas por norma ninguém sai antes do fim do concerto, certo? Errado! Os Green Day fizeram dois, e logo no primeiro parecia que o Porto estava a perder em casa por 5 aos 85 minutos...

received_1252860768101239.jpeg

received_1252860664767916.jpeg

 

Venham os Queen